PUBLICIDADE
Covid-19

Requisição civil aos privados será usada "se e quando necessário" - Costa

18 | 01 | 2021   19.46H

A requisição civil no setor da saúde "será usada se e quando necessário", disse hoje o primeiro-ministro, rejeitando que possa ser usada como "bandeira política" ou "instrumento de combate ideológico" e sublinhando que o Governo privilegia soluções de acordo.

"Relativamente à requisição civil, ela será usada se e quando necessário", disse hoje o primeiro-ministro, António Costa, na conferência de imprensa no Palácio de São Bento, em Lisboa, no final do Conselho de Ministros extraordinário que aprovou o agravamento das medidas restritivas determinadas na passada quinta-feira para combater a pandemia de covid-19.

Recordando que a requisição civil é uma possibilidade mesmo fora do estado de emergência, estando prevista na lei de bases da Proteção Civil, António Costa frisou que o executivo tem procurado no setor da saúde encontrar soluções em acordo com as instituições, o que tem sido sempre possível.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE