PUBLICIDADE
Actualidade

Deputado quer que Governo timorense pare praxes violentas contra novos alunos

19 | 01 | 2021   07.17H

O deputado timorense Abel Pires apelou hoje ao Ministério da Educação para que tome medidas para travar praxes violentas em escolas e universidades do país, fenómeno que diz traduzir uma cultura de violência institucionalizada no setor educativo.

Abel Pires da Silva, deputado do Partido Libertação Popular (PLP) - uma das três forças do Governo - disse à Lusa que o problema é "sério", representa uma "mentalidade" mais ampla do recurso à violência e pode estar a "hipotecar o futuro" de Timor-Leste.

"Está na altura do Ministério da Educação e do Ministério do Ensino Superior levar este assunto a sério. Esta violência acontece regularmente, mas sucessivos ministros não levam este assunto a sério", afirmou à Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE