PUBLICIDADE
Actualidade

Faltam monitores de sinais vitais nas ambulâncias - técnicos de emergência

22 | 01 | 2021   14.15H

Os técnicos de emergência hospitalar queixam-se de falta de equipamentos como monitores de sinais vitais nas ambulâncias do INEM e dizem que há equipamento de proteção individual inadequado e que pode potenciar o contágio.

Em declarações à agência Lusa, Rui Lázaro, do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar, explicou que os monitores foram mandados retirar pelo Infarmed há três anos, por não respeitarem as regras exigidas, e não foram repostos.

"Através de um protocolo todos os técnicos tiveram formação para os usar. E, por exemplo, podiam com este equipamento fazer eletrocardiogramas na própria cada do doente, quando são chamados", disse.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE