PUBLICIDADE
Actualidade

Inundações após ciclone podem afetar 200.000 em Moçambique - UE

23 | 01 | 2021   18.03H

O serviço de Operações Humanitárias e de Socorro da União Europeia (ECHO, sigla inglesa) previu hoje que 200.000 pessoas em Moçambique possam ser afetadas por inundações, nos próximos dias, após a passagem do ciclone Eloise.

O ciclone entrou durante a madrugada no continente na zona da cidade da Beira, atravessando o centro de Moçambique em direção ao Zimbábue, África do Sul e Botsuana, acompanhado por chuva intensa durante os próximos dias. 

"Para além de inundações repentinas graves na costa das províncias de Sofala e Zambézia, existem previsões de cheias nas bacias dos rios Buzi e Pungué em Sofala e Manica, subsequentemente nos rios Limpopo e Changane em Gaza e Inhambane na próxima semana", lê-se no boletim diário do ECHO.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE