PUBLICIDADE
Covid-19

Jesus confessa-se "impotente" para contrariar efeitos da pandemia no Benfica

24 | 01 | 2021   15.24H

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, confessou-se hoje "impotente" para contrariar os efeitos do novo coronavírus na equipa de futebol, mas prometeu "ir à luta" e que, após a "tempestade", o grupo vai ficar "muito forte".

Numa conferência de imprensa onde apenas esteve presente o canal do clube, no Seixal, que colocou todas as perguntas enviadas pelos restantes órgãos de comunicação social, o técnico admitiu ainda que "torna-se difícil" fazer uma equipa com um surto que já atinge 10 jogadores e que transforma "todos os dias numa incerteza".

"Num dia podes pensar num onze e no outro ficar sem três jogadores. Uma coisa é teres um problema de covid-19 com um ou dois jogadores, outra coisa é com 10 ou 11. Nenhum treinador está habituado, é impotente. Eu sou impotente, não tenho força para reverter seja o que for. Tem de ser com os jogadores que estão em condições e é com esses que vou para a luta. [Com] os outros não posso fazer nada", desabafou o técnico dos encarnados.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE