PUBLICIDADE
Actualidade

Romance "Um tambor diferente", de Melvin Kelley, editado em Portugal ao fim de 60 anos

25 | 01 | 2021   16.23H

"Um tambor diferente", do escritor afro-americano William Melvin Kelley, publicado em 1962, chega agora a Portugal, trazendo um novo olhar sobre a luta pelos direitos civis nos Estados Unidos, uma parábola escrita por um negro e narrada por brancos.

O romance de estreia de William Melvin Kelley, publicado dois anos depois de "Mataram a cotovia", de Harper Lee, retrata igualmente as questões raciais vividas nos primórdios do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e catapultou o seu então jovem autor de 23 anos - um afro-americano membro do Movimento das Artes Negras -, para a galeria dos clássicos americanos.

Entretanto o livro caiu no esquecimento, até terem sido feitas algumas reedições em 2018, no ano a seguir à morte do escritor, que restabeleceram o interesse pelo trabalho ficcional de Melvin Kelley, e que levaram a revista The New Yorker a classificá-lo como o "gigante perdido da literatura norte-americana".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE