PUBLICIDADE
Actualidade

Descoberto fóssil na Bacia Carbonífera do Douro em Gondomar com 300 milhões de anos

05 | 02 | 2021   16.30H

Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) descobriram, na Bacia Carbonífera do Douro, na região de São Pedro da Cova, em Gondomar, um fóssil de um novo grupo de plantas com 300 milhões de anos.

Em declarações à Lusa, Pedro Correia, paleontólogo e investigador do Instituto das Ciências da Terra da FCUP, disse hoje que o fóssil, descoberto em rochas com 300 milhões de anos da Bacia Carbonífera do Douro e batizado de 'Iberisetum wegeneri', tinha características "morfológicas singulares".

"Esta região da Península Ibérica tinha um clima muito próprio que favoreceu a origem de muitas espécies endémicas com características morfológicas singulares, uma delas foi este fóssil que descobrimos na Bacia Carbonífera do Douro", referiu.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE