PUBLICIDADE
Actualidade

Astrónomos confirmam que "Farfarout" é o corpo celeste mais distante no Sistema Solar

11 | 02 | 2021   16.44H

Astrónomos confirmaram, através de novas observações, que o corpo celeste do Sistema Solar batizado como "Farfarout" é o mais distante do Sol, anunciou em comunicado o NOIRLab, um centro de investigação norte-americano ligado à astronomia.

O objeto, cuja órbita cruza a de Neptuno, o oitavo e último planeta do Sistema Solar, foi observado pela primeira vez em janeiro de 2018 com o telescópio Subaru, no Havai, nos Estados Unidos, mas, na altura, os astrónomos não sabiam exatamente quão longe estava do Sol.

Agora, fruto de novas observações com outros telescópios, nomeadamente os dois do Observatório Gemini, com os quais o NOIRlab trabalha, os astrónomos confirmaram, depois de terem obtido a órbita do corpo, que "Farfarout" (traduzível do inglês como 'Muito muito longe') está mais longe do que o objeto que detinha o recorde de distância, o "Farout" ('Muito longe'), também descoberto pela mesma equipa de investigadores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE