PUBLICIDADE
Myanmar

Estados Unidos preocupados com novas acusações contra líder deposta

16 | 02 | 2021   20.13H

Os Estados Unidos criticaram hoje as novas acusações contra a líder deposta de Myanmar (antiga Birmânia), Aung San Suu Kyi, e exigiram novamente a sua libertação.

"Estamos preocupados com relatos de que os militares indiciaram a conselheira de Estado Aung San Suu Kyi com novas acusações", disse o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price.

Acusada de ter importado ilegalmente 'walkie-talkies', a ex-líder de 75 anos foi indiciada uma segunda vez esta terça-feira por violar "a lei sobre a gestão de desastres naturais", disse à agência France-Presse (AFP) o seu advogado Khin Maung Zaw.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE