PUBLICIDADE
Actualidade

Fundo de Solidariedade com a Cultura apoiou mais de 1.600 profissionais com 1,2 ME

24 | 02 | 2021   07.30H

O Fundo de Solidariedade com a Cultura apoiou cerca de 1.600 profissionais com mais de 1,2 milhões de euros, nas duas fases de candidaturas, que decorreram no último trimestre de 2020, anunciou hoje a SCML.

"Em dias fases de candidaturas e entre cinco linhas de apoio distintas, o Fundo de Solidariedade com a Cultura investiu um total de 1.247.971 euros em apoios, atribuídos a 1.658 profissionais, maioritariamente artistas e técnicos", refere a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), que gere o fundo, num comunicado enviado à agência Lusa.

A criação do Fundo de Solidariedade com a Cultura, para apoiar os profissionais da cultura, artistas e técnicos que ficaram sem trabalho por causa da covid-19, foi anunciada em abril de 2020 pela GDA - Gestão dos Direitos dos Artistas, juntamente com a Audiogest (Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Fonográficos em Portugal).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE