PUBLICIDADE
Actualidade

Presidente da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

25 | 02 | 2021   12.54H

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com o Azerbaijão no Nagorno-Karabakh. 

O Estado-Maior difundiu um comunicado em que pede a demissão do primeiro-ministro, Nikol Pashinyan, e assinado pelas altas patentes militares da Arménia.

A posição dos militares foi desencadeada depois da demissão do vice-chefe do Estado-Maior, pelo primeiro-ministro, no princípio do mês de fevereiro.   

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE