PUBLICIDADE
Entre-os-Rios/20 anos

Memória de uma ponte que se desfez e ceifou 59 vidas

02 | 03 | 2021   05.00H

Naquela noite fria e chuvosa de 04 de março de 2001 uma ponte ruiu perto de Castelo de Paiva e atirou ao Douro um autocarro com 53 passageiros e três automóveis, com um total de seis viajantes. Ninguém sobreviveu.

Vinte anos após a tragédia de Entre-os-Rios, que colocou no mapa pelas piores razões um concelho encravado nos limites dos distritos do Porto, Aveiro e Viseu, ainda sobram expressões de incredulidade pelo que sucedeu.

"Ninguém, no pior dos seus pesadelos, poderia pensar que um dia pudesse acontecer uma coisa destas", observa o atual presidente da Câmara de Castelo de Paiva, Gonçalo Rocha.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE