PUBLICIDADE
Covid-19

Merkel cede a Estados e aceita levantamento progressivo de restrições

04 | 03 | 2021   00.51H

A chanceler alemã, Angela Merkel, aceitou na quarta-feira à noite um levantamento progressivo das restrições contra a pandemia na Alemanha, cedendo a um descontentamento crescente na opinião e no próprio governo a sete meses das eleições legislativas.

Ao fim de nove horas de negociações difíceis, a chanceler e os dirigentes dos 16 Estados-regiões ('Lander', em Alemão) do país chegaram a um acordo sobre o calendário de levantamento parcial das restrições existentes desde o fim do ano.

As restrições existentes já só são apoiadas hoje por um terço dos alemães contra dois terços no início de janeiro, segundo uma sondagem YouGov publicada esta semana.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE