PUBLICIDADE
Covid-19

Restauração quer prolongamento das moratórias e dos planos de amortização

04 | 03 | 2021   11.35H

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defende um prolongamento das moratórias até 30 de junho de 2022, seguido de um plano de amortização de médio e longo prazo para todos os empréstimos alvo de moratória.

"Para além da importância da prorrogação das moratórias bancárias, os planos de amortização revelam-se essenciais, uma vez que após o término dessas moratórias as empresas não terão capacidade para retomar o cumprimento das suas obrigações na mesma proporção do período pré-pandemia", refere a AHRESP no seu boletim diário.

Para a associação, "os prazos de amortização devem ser prorrogados no mínimo por mais 10 anos, reduzindo significativamente os encargos das empresas" e permitindo a sua recuperação gradual após o impacto da pandemia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE