PUBLICIDADE
Covid-19

Ter um polícia em cada porta em Rabo de Peixe seria "desumano" - comissão

04 | 03 | 2021   15.08H

O presidente da Comissão de Acompanhamento da Luta contra a Pandemia nos Açores considerou hoje que não é possível ter um polícia à porta de cada casa em Rabo de Peixe e que isso seria "agressivo" e "desumano".

"Impedir a circulação das pessoas é algo difícil e ter a polícia parada à porta de cada casa a dizer 'o senhor não sai, o senhor pode sair, o senhor fica em casa ou o senhor pode ir às compras' é algo, diria, desumano, ainda pior do que ter uma cerca sanitária, que apesar de tudo acaba por prejudicar outras pessoas que não estariam infetadas", afirmou Gustavo Tato Borges, que lidera a comissão, numa conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE