PUBLICIDADE
TAP

Apoio não é equitativo e desvirtua concorrência com privados -- euroAtlantic Airways

04 | 03 | 2021   16.27H

O presidente executivo da euroAtlantic Airways, Eugénio Fernandes, disse hoje à Lusa que a falta de equidade entre os apoios que o Estado está a dar à TAP e às companhias privadas e desvirtua a concorrência no setor.

"Em qualquer setor, em qualquer situação, se os 'players' que estão a ser apoiados concorrem com aqueles que não estão a ser apoiados, naturalmente - e parece-me obvio - há uma clara afetação do que é uma concorrência sã", afirmou o presidente executivo (CEO) da euroAtlantic Airways, companhia fundada em 1993 na Madeira e que concorre diretamente com a TAP nas rotas de São Tomé e de Bissau.

"Se temos um concorrente nosso que está a ser apoiado e nós não estamos a ser apoiados, indiretamente isto está a desvirtuar a concorrência, isto a nós deixa-nos extremamente preocupados", sublinhou o responsável.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE