PUBLICIDADE
Actualidade

São Tomé e Príncipe disse ao FMI que vai aplicar IVA a partir de julho

04 | 03 | 2021   18.54H

As autoridades de São Tomé e Príncipe comprometeram-se junto do Fundo Monetário Internacional (FMI) a implementar o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) em meados de julho para aumentar a receita fiscal e equilibrar as contas públicas.

"No que diz respeito à receita, as autoridades esperam que a receita tenha um desempenho melhor devido às contribuições de solidariedade, à implementação do IVA a partir de meados de julho de 2021, e a uma política fiscal que desde 2019 apoia a mobilização da coleta interna", lê-se nos documentos disponibilizados na sequência da segunda revisão do programa de assistência financeira ao arquipélago.

"Os preços dos combustíveis nas estações de serviço vão continuar inalterados para reduzir a dívida dos subsídios aos combustíveis", acrescenta-se na declaração assinada pelo diretor executivo para o país, em representação das autoridades do país.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE