PUBLICIDADE
Actualidade

Santander abre dois planos de adesão voluntária para a saída de colaboradores

05 | 03 | 2021   19.06H

O banco Santander vai abrir dois planos de adesão voluntária, um que abrange a saída de colaboradores com mais de 55 anos e outro no âmbito do redimensionamento de balcões, de acordo com uma nota interna. 

"A atual fase de transformação do banco tem vindo a implicar a apresentação a diversos colaboradores de propostas de reforma e/ou de acordos de revogação do contrato de trabalho ("RMA"), em que o banco apresenta as melhores condições do setor, e assegura simultaneamente uma rede de acompanhamento futuro, incluindo assessoria à recolocação profissional, apoio social e cuidados de saúde", indicou a Comissão Executiva da instituição numa mensagem enviada aos trabalhadores, a que a Lusa teve acesso.

A instituição "procurará que as saídas de colaboradores sejam feitas de comum acordo, e privilegiará, sempre que possível, as aceitações voluntárias a processos unilaterais e formais", referem, acrescentando que "não deixa também de ter em conta os seus parceiros sociais, em particular os sindicatos e as estruturas representativas de trabalhadores, para procurar encontrar a todo o momento as soluções que melhores garantias apresentem para os colaboradores".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE