PUBLICIDADE
Actualidade

Portugal pode aproveitar tensão Pequim/Camberra para exportar mais vinho para China -- associação

06 | 03 | 2021   09.17H

O presidente da Associação Comercial Internacional para os Mercados Lusófonos (ACIML) disse hoje à Lusa que Portugal pode aproveitar a tensão política e diplomática entre Pequim e Camberra para exportar mais vinho para a China.

"Portugal pode tornar-se num dos maiores fornecedores de vinho no mercado chinês", defendeu Eduardo Ambrósio, lembrando que a China tem imposto elevadas taxas alfandegárias sobre o vinho australiano.

em resposta à tensão diplomática entre os dois países, desde que a Austrália excluiu o grupo chinês de telecomunicações Huawei do desenvolvimento da sua rede de quinta geração (5G), por motivos de segurança nacional.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE