PUBLICIDADE
Covid-19

Pandemia é um dos destaques da Bienal Internacional de Arte de Gaia

07 | 03 | 2021   09.07H

A pandemia da covid-19 é um dos destaques da Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Gaia, que arranca a 17 de abril e decorre até 20 de julho com "centenas de artistas", revelou hoje a organização.

"Uma das características da nossa bienal é que é uma bienal de causas. Não queremos expor arte pela arte, queremos expor arte e agitar consciências. Este [a pandemia] é um dos temas aos quais não podemos estar indiferentes", referiu o diretor da iniciativa, Agostinho Santos.

Assim, a exposição "Coronavírus não destrói a criatividade - Reações e Consequências" é uma das várias iniciativas previstas para a antiga fiação de Crestuma, em Lever, local que vai acolher a Bienal de Arte de Gaia 2021, depois de já ter acolhido a edição de 2019, mas este ano com a particularidade de oferecer ao evento mais espaço.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE