PUBLICIDADE
Covid-19

Ensino privado quer também testes rápidos como no público

07 | 03 | 2021   22.50H

A AEEP - Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo pediu hoje uma clarificação do Governo sobre testes rápidos à covid-19 para os alunos do ensino privado, e avisou que não se conformará com uma "inaceitável discriminação".

A reação da AEEP surge a propósito da aprovação, em Conselho de Ministros eletrónico, de uma resolução que permite às escolas públicas e ao setor solidário efetuar despesas na realização de testes rápidos de antigénio à covid-19.

"Desta forma, o Governo pretende preparar a reabertura gradual e sustentada das atividades presenciais, dando continuidade à implementação da Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2 2020", explicou o Governo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE