PUBLICIDADE
Actualidade

Megan diz que pensou no suicídio e que família real britânica ignorou ajuda psicológica

08 | 03 | 2021   04.10H

A duquesa de Sussex disse ter tido pensamentos suicidas enquanto vivia com a família real britânica e que não recebeu qualquer apoio psicológico apesar dos repetidos pedidos, uma das revelações feitas numa entrevista transmitida domingo.

"Eu simplesmente não queria mais viver. E esses foram pensamentos constantes, aterradores, reais e muito claros", disse Meghan Markle à apresentadora da televisão Oprah Winfrey durante uma entrevista à CBS, culpando a cobertura agressiva dos 'media' britânicos pelo seu estado psicológico.

A norte-americana salientou que se dirigiu aos membros da instituição real para pedir ajuda e discutiu a possibilidade de tratamento médico: "foi-me dito que não podia, que não seria bom para a instituição".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE