PUBLICIDADE
Actualidade

Marcelo afirma que quis passar "das palavras aos atos" com mais mulheres na sua equipa

08 | 03 | 2021   06.31H

O Presidente da República considerou hoje que os passos dados para salvaguardar a igualdade de género em Portugal não são ainda suficientes e afirmou que quis passar "das palavras aos atos" com mais mulheres na sua equipa.

Numa nota publicada no portal da Presidência da República na Internet, para assinalar o Dia Internacional da Mulher, Marcelo Rebelo de Sousa assinala que no seu segundo mandato terá mais de 60% de mulheres entre os consultores da sua Casa Civil.

Segundo o chefe de Estado, "muito foi feito" na democracia portuguesa "para mitigar a discriminação contra as mulheres".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE