PUBLICIDADE
Moçambique/Ataques

Forças armadas desmentem Amnistia Internacional

08 | 03 | 2021   07.04H

As Forças Armadas e de Defesa de Moçambique (FADM) consideram falsas as informações contidas num relatório da Amnistia Internacional (AI) que as acusa de atacar e matar civis no conflito de Cabo Delgado, norte do país.

"Em nenhum momento podíamos maltratar a própria comunidade, porque estamos aqui para defender a sociedade e garantir que a economia flua da melhor forma possível", referiu o vice-chefe do Estado-Maior General das FADM, Bertolino Capitine, no domingo, durante um encontro com jornalistas em Mueda, Cabo Delgado e citado hoje pela Rádio Moçambique.

"Lamentavelmente, o relatório foi emitido, provavelmente por pessoas que nunca cá estiveram", diss no local.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE