PUBLICIDADE
Actualidade

CPLP manifesta "apoio e solidariedade" à Guiné Equatorial após explosões

08 | 03 | 2021   17.04H

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da qual a Guiné Equatorial é Estado-membro, manifestou hoje apoio e solidariedade às autoridades do país, na sequência das explosões de domingo, que causaram pelo menos 30 mortos e 600 feridos.

Numa carta dirigida ao ministro das Relações Exteriores e Cooperação da Guiné Equatorial, a que a Lusa teve acesso, o secretário-executivo da CPLP apresenta "as mais sentidas condolências" às famílias das vítimas das explosões, que ocorreram em depósitos de armamento, na cidade de Bata.

"Neste momento difícil para o povo equato-guineense quero também expressar todo o nosso apoio e solidariedade às autoridades da Guiné Equatorial, perante esta catástrofe que atinge um dos nossos Estados-membros", escreve o embaixador Francisco Ribeiro Telles, na mesma carta, dirigida a Simeón Oyono Esono Angue.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE