PUBLICIDADE
Actualidade

Trabalhadores em 'lay-off' devem poder ser colocados em empresas com falta de pessoal - Livro Verde

30 | 03 | 2021   22.51H

Os trabalhadores em 'lay-off' ou em empresas em crise devem poder ser colocados temporariamente em outras que tenham falta de mão-de-obra, mediante acordos de colaboração e cedência, defende o Livro Verde sobre o Futuro do Trabalho.

O documento com 25 páginas enviado hoje pelo Governo aos parceiros sociais, a que a Lusa teve acesso, será apresentado na quarta-feira na Concertação Social e será a base para a regulamentação de novas formas de trabalho, nomeadamente o trabalho nas plataformas digitais, teletrabalho e nomadismo digital.

Os autores defendem que devem ser admitidas "figuras como o 'redeployment' ou a recolocação de trabalhadores no âmbito da promoção do trabalho em rede entre organizações e empresas e da chamada economia partilhada, através da qual os trabalhadores de empresas que estão em situação de crise económica e eventualmente em situação de 'lay-off' podem, querendo, ser temporariamente colocados em empresas que têm carência de mão-de-obra, mediante acordos de colaboração e de cedência".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE