PUBLICIDADE
Covid-19

Aprovada devolução de bilhetes de espetáculos previstos para 2020 e adiados para 2022

01 | 04 | 2021   18.44H

Os detentores de bilhetes para espetáculos e festivais inicialmente previstos para 2020, e entretanto adiados para 2022, podem pedir a devolução do seu valor, aprovou hoje o Governo, em Conselho de Ministros.

Segundo o comunicado final da reunião de hoje, "no caso dos espetáculos e festivais inicialmente agendados para o ano de 2020 e que ocorram apenas em 2022, prevê-se que: os consumidores possam pedir a devolução do preço dos bilhetes, no prazo de 14 dias úteis a contar da data prevista para a realização do evento no ano de 2021".

Se o consumidor não pedir a devolução do valor dos bilhetes, "considera-se que aceita o reagendamento do espetáculo para o ano de 2022".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE