PUBLICIDADE
Actualidade

Lionesa pede que Governo repense escolha de Lisboa para "Europa Startup Aliança das Nações"

03 | 04 | 2021   06.01H

A Lionesa, centro de negócios em Matosinhos (Porto) que hospeda mais de 120 empresas, pediu hoje ao Governo e presidente do Conselho da União Europeia para "reponderar a proclamação" de Lisboa como sede da "Europa Startup Aliança das Nações".

A Lusa teve hoje acesso a uma carta aberta assinada por Pedro Pinto, administrador do Grupo Lionesa, dirigida ao Governo da República Portuguesa e ao presidente do Conselho da União Europeia, em que é questionada a recente decisão do Governo da República Portuguesa, enquanto Presidente da União Europeia, de "criar uma estrutura dedicada ao empreendedorismo, denominada Europa Startup Aliança das Naçõe, e cuja representação permanente ficará em Lisboa".

No dia 19 de março, o primeiro-ministro, António Costa, país que detém a presidência do Conselho da União Europeia até junho, disse no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, durante a abertura de uma conferência dedicada ao "Dia Digital", que seria lançada "uma nova estrutura europeia de empreendedorismo - a Europe Startup Nations Alliance - , uma ferramenta de concretização do desígnio europeu nesta área".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE