PUBLICIDADE
Actualidade

Insegurança alimentar aguda atinge um terço da população da RDCongo - ONU

06 | 04 | 2021   17.33H

Um terço da população da República Democrática do Congo (RDCongo), 27 milhões de pessoas, enfrenta insegurança alimentar aguda, alertaram hoje a Organização da ONU para a Alimentação e Agricultura (FAO) e o Programa Alimentar Mundial (PAM).

"O número de pessoas afetadas pela insegurança alimentar aguda na RDCongo está estimado em 27,3 milhões, ou seja, uma em cada três, incluindo quase sete milhões que enfrentam níveis de emergência de fome aguda", revelaram as duas agências da ONU numa declaração conjunta.

Estes números fazem da RDCongo, dotada de vastos recursos naturais, o país com "o maior número de pessoas com necessidade urgente de assistência em matéria de segurança alimentar no mundo", sublinharam o PAM e a FAO.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE