PUBLICIDADE
Actualidade

PR da Guiné-Bissau não quer desentendimentos no setor judicial

08 | 04 | 2021   15.02H

O Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, recusou hoje aceitar desentendimentos entre o presidente do Supremo Tribunal de Justiça e o procurador-geral da República, salientando que é importante as pessoas acreditarem no setor judicial.

"É muito importante frisarmos que não podemos, e eu enquanto Presidente da República, não aceito um desentendimento entre o presidente do Supremo Tribunal e o Procurador-Geral da República", afirmou aos jornalistas Umaro Sissoco Embaló.

O chefe de Estado guineense falava no final de um encontro conjunto com o presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Paulo Sanhá, e o procurador-geral da República, Fernando Gomes.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE