PUBLICIDADE
Moçambique/Ataques

Guterres "profundamente preocupado" com atuação de grupos extremistas

08 | 04 | 2021   15.21H

O secretário-geral da ONU, António Guterres, mostrou-se "profundamente preocupado" com a "possibilidade de grupos extremistas [estarem] a atuar em território moçambicano", lê-se numa carta endereçada pelo próprio aos eurodeputados do PS Carlos Zorrinho e Isabel Santos.

"Pessoalmente, estou profundamente preocupado com a possibilidade de grupos extremistas [estarem] a atuar em território moçambicano e se estarem a tornar numa grave ameaça regional", refere uma missiva de António Guterres, datada de 01 de abril, enviada a Carlos Zorrinho e Isabel Santos.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) respondia assim a uma carta que lhe tinha sido endereçada pelos dois eurodeputados do PS, em 19 de novembro de 2020, onde apelavam a um "envolvimento mais profundo da União Europeia (UE) e da ONU" na resposta aos ataques no norte de Moçambique.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE