PUBLICIDADE
5G

Anacom altera regras para evitar o "prolongamento excessivo" do leilão

08 | 04 | 2021   19.10H

A Autoridade Nacional de Comunicações considera "relevante prevenir" um eventual "prolongamento excessivo" do leilão do 5G, tendo anunciado hoje que decidiu "iniciar um procedimento de alteração" do regulamento que "possibilite a introdução de mecanismos de agilização procedimental".

A atribuição das licenças do 5G estava prevista até final do primeiro trimestre, mas ainda continua, cumprindo hoje o 60.º dia de licitação principal.

Em comunicado, o regulador refere que "o leilão do 5G [quinta geração] está a decorrer regularmente desde novembro de 2020, tendo-se concluído a fase de licitação para novos entrantes no início de janeiro de 2021 e estando em curso a fase de licitação principal, que até ao final do dia de ontem [quarta-feira] já totalizou 348 rondas".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE