PUBLICIDADE
Actualidade

Governo da Madeira avança com "realojamento imediato" de famílias afetadas por temporal

08 | 04 | 2021   19.10H

O Governo da Madeira vai proceder ao "realojamento imediato" dos agregados familiares cujas habitações foram destruídas na sequência do temporal que assolou o arquipélago nos dias 27 e 28 de março, indicou hoje o executivo.

"Os referidos realojamentos sociais assumem caráter de urgência, pelo que se autoriza a [empresa pública] Investimentos Habitacionais da Madeira (IHM) a obter de arrendamento no mercado privado, até ao número máximo de 12 fogos (tipologias T1, T2, T3 e T4), localizados preferencialmente nos concelhos do Funchal e nas freguesias dos concelhos de Câmara de Lobos e Santa Cruz, para subarrendamento social", refere o executivo em comunicado.

A decisão foi comunicada após reunião do Conselho do Governo, de coligação PSD/CDS-PP, na Quinta Vigia, sede da presidência, no Funchal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE