PUBLICIDADE
bpp

Clientes em protesto alegam agressões por parte da polícia

28 | 12 | 2009   21.07H

Fernando Carneiro, um dos manifestantes que ainda se encontra dentro do BPP, garantiu à Lusa que os ânimos já acalmaram, mas criticou a polícia por ter "espancado pessoas que estão sem receber há 13 meses". E, acrescentando que a polícia "está a tentar dissuadir o grupo de clientes para sair", garantiu que os manifestantes vão "resistir o máximo possível".

Outro manifestante que falou à Lusa contou ter saído, inserido num grupo, das instalações do banco por breves momentos e ter sido impedido de voltar a entrar pela polícia. Contou ainda que os agentes (neste momento estão quatro fora das instalações) terão atingido um outro membro do grupo com gás pimenta, obrigando-o a receber tratamento hospitalar.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Foto: Estela Silva/Lusa
Clientes em protesto alegam agressões por parte da polícia | © Estela Silva/Lusa

6 comentários

  • Ena pá, o lápis azul afinal não é apenas dos jornaleiros mas dos comentadores que andam p'rái mascarados de palhaços revolucionários e anti-fascistas! Afinal a PIDE, o lápis azul, a CENSURA, existem mesmo neste País de democratas da treta! É só comentários denunciados! Bufos de M.E.R.D.A
    Viva Portugal | 29.12.2009 | 10.50Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Quiseram ser diferentes das outras pessoas e por isso foram meter um dinheiro num banco, que nem tem uma agencia aberta como os outros bancos o que têm é simplesmente uma vivenda com portas fechadas e com uma discreta placa a dizer "Banco Privado" o que significa que as pessoas já sabiam pró que iam, foram prá aquele banco porque basicamente era conhecido o banco dos milionários e se alguém lhe pergunta-se qual era o banco deles diziam que era o "Banco Privado" dava logo uma outra fama à pessoa em causa e depois com esse facto não bastou quiseram ter juros mais altos para seus depósitos, quando apresentam a taxa de juros ficaram tão satisfeitos que não quiseram saber de mais nada, se era um depósito normal ou outra coisa qualquer, o que interessava realmente era quanto tinha de juros ao fim do período, essa era afinal a questão levantada, eles queriam só ter uma conta no banco dos ricos, e vê-se queixar que não recebem o o seu dinheiro, por que razão não dizem que juros estavam ou estiveram a receber, vêm com choramingue iras para tv para ver se o governo caí na armadilha destes chicos espertos, para lhes dar o dinheiro que eles não souberam ter olhos bem abertos, agora aguentam-se
    silvestre evaristo | 29.12.2009 | 09.54H
  • Tive conhecimento deste Banco Privado através da sua falência. Quer agora a SIC que os meus Impostos paguém a estes jogadores de Roleta? Tenham vergonha!
    Milhazes | 29.12.2009 | 09.01H
  • ... e o fascista era o Salazar...!!!
    Viva Portugal | 29.12.2009 | 01.28H
  • Os ladrões é que são defendidos e os roubados é que são castigados.
    No futebol é igual. O Benfica é que é castigado e o Porto e o Braga é que são protegidos.
    3,14 | 29.12.2009 | 00.35H
  • 28.12.2009 | 21.35Hcomentário reprovado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE