PUBLICIDADE
Novidade

Paris já não dorme

13 | 01 | 2010   10.28H

A Cidade Luz entrou 2010 vitoriosa na disposição de resgatar o estatuto boémio que, durante séculos, a consagraram como a capital 'de la folie'.

O Governo francês foi sensível aos argumentos da petição, que reuniu 12 mil bares e discotecas na reivindicação de noites longas, e aprovou uma lei que garante o funcionamento até às 7h da manhã.

O documento alertava para as dificuldades financeiras de estabelecimentos-ícone diante da tirania do silêncio reclamada pelos moradores, em nome do qual a polícia impunha a obrigação de fechar portas «demasiado cedo».

A possibilidade da célebre La Locomotive se converter num Museu do Turista, avançada pelo Moulin Rouge, foi a gota de água.

Os signatários acusaram Paris de estar «a transformar-se na Capital do Sono e do tédio», incapaz de competir com a animação nocturna de outras capitais vizinhas, como Londres, Barcelona, e Amesterdão. O Governo assustou-se e, a partir de agora, Paris está autorizada por lei a não dormir.

1 comentário

  • Mas por cá quanto mais tarde acordar melhor. É por estas e outras que nunca conseguiremos chegar lá ! Mentalidades. . . !
    alexandre barreira | 14.01.2010 | 08.21H
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE