PUBLICIDADE
Ciclismo

Federação vai promover congresso internacional de luta contra o doping

08 | 02 | 2010   20.58H

Em declarações à Lusa, Artur Lopes, presidente da FPC, revelou que o evento vai contar com a presença de "especialistas nacionais e internacionais" e pretende ser uma reflexão "o mais abrangente possível".

"Queremos que o ciclismo seja a modalidade mais bela, limpa, intensa e profícua, um exemplo para dar força aos portugueses em momentos difíceis", vincou.

Durante a apresentação da equipa de ciclismo Liberty Seguros/Santa Maria da Feira, Artur Lopes manifestou o desejo de fazer com que o ciclismo seja "a modalidade desportiva mais querida dos portugueses".

O congresso está inserido no acordo de patrocínio entre a FPC e a Liberty Seguros, que prevê ainda um conjunto de debates públicos nacionais sobre a luta contra o doping e a criação da "Caderneta Médica Liberty Seguros", para monitorizar a saúde dos corredores da equipa das "quinas".

A Liberty, cuja equipa profissional foi extinta na sequência dos controlos positivos de Nuno Ribeiro, Hector Guerra e Isidro Nozal em 2009, vai "dar" o nome à Taça de Portugal de Estrada.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE