ana carolina

«Estou sempre a pensar em música»

19 | 02 | 2010   10.21H

Que balanço faz destes 10 anos?
Perdi um pouco a inocência, aprendi que todas as glórias são transitórias, e o mais importante mesmo é o trabalho. Arrependo-me das horas de descanso, e fico muito feliz das horas de trabalho. Gosto muito do que faço, componho muito e estou sempre a fazer músicas para mim e para outros cantores. Estou sempre a pensar em música e se não tivesse música não saberia o que fazer da minha vida.

É um privilégio ter um trabalho que lhe dá prazer?
É um privilégio fazer uma coisa que gosto tanto e ser reconhecida por isso. Alimenta a minha alma, a minha vida e me dá força.

Como foi a escolha dos artistas para cantarem no DVD?
Não foi nada difícil. A Maria Bethânia foi a 1ª que me pediu e gravou uma música minha. No meu último disco de estúdio, N9ve, fiz uma parceria com Gilberto Gil, com Torpedo e fazia sentido chamá-lo. Pensei em chamar Seu Jorge para um samba, porque ele faz parte da minha trajectória. Fiz Milhares de Samba e convidei a maravi-lhosa Roberta Sá. Fiz uma música inédita Mais que a Mim e canto com Maria Gadú, que é uma grande promessa no Brasil. Chamei Chiara Civello, uma italiana que compôs 4 músicas comigo no N9ve, para cantar Resta. Ângela Ro Ro já tinha feito encontros comigo e chamei-a para cantar Homens e Mulheres. Já tinha participado no DVD de Zizi Possi e fiz Ruas de Outono para ela.

Há algum dueto que tenha gostado mais de fazer?
O melhor presente foi comemorar os 10 anos de carreira com esses músicos, cantando, conversando, rindo e tocando violão.

Filipa Estrela | festrela@destak.pt
Foto: DR
«Estou sempre a pensar em música» | © DR

1 comentário

  • Cara essa mulher e linda d+
    Si eu podesse TE AMO ANA sou sua fanzonaa
    Thaina | 03.03.2010 | 19.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE