alpinismo

Bandeira dos Açores hasteada a 2208 metros de altitude na Austrália

08 | 04 | 2010   11.20H

“Às 14:40 [04:40 nos Açores, 05:40 em Lisboa] cheguei com a bandeira dos Açores ao teto da Oceânia continental, na Austrália”, anunciou Luís Bettencourt numa mensagem telefónica (SMS) enviada à Lusa.

O projeto "Açores no Topo do Mundo" arrancou a 09 de setembro de 2009, com a subida ao Pico, o ponto mais alto de Portugal, a 2351 metros de altitude, e prosseguiu a 28 de novembro, quando a bandeira açoriana foi hasteada no cimo do Kilimanjaro, na Tânzania, o ponto mais alto de África, a 5895 metros de altitude.

O objetivo é levar a bandeira dos Açores aos pontos mais altos de cada continente, num calendário de escaladas que terminará em junho de 2012.

Assim, depois do Monte Kosciuszko, na Austrália, segue-se em junho a subida ao Elbrus, a 5642 metros de altitude, o ponto mais alto da Europa.

Para janeiro de 2011 está agendada a escalada ao cimo do Aconcágua, a 6959 metros de altitude, na Argentina, que é o pico mais alto da América do Sul, seguindo-se, em junho de 2011, a subida ao Mckinley, a 6187 metros de altitude, no Alasca, para atingir o ponto mais elevado da América do Norte.

O calendário prevê a ascensão ao Vinson, na Antártica, a 4892 metros de altitude, em janeiro de 2012, a que se seguirá, em maio de 2012, a escalada do Evereste, a 8848 metros de altitude, nos Himalaias, que é o ponto mais alto da Ásia.

O projeto "Açores no Topo do Mundo" termina em junho de 2012 com a subida ao Pico, o ponto mais alto de Portugal, onde tudo começou, em setembro de 2009.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE