PUBLICIDADE
fonte do executivo

Governo propôs redução em 5% nos salários dos políticos e gestores

12 | 05 | 2010   22.08H

A mesma fonte confirmou à agência Lusa que, entre as medidas adicionais do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) para a redução do défice, se encontra uma medida de corte de cinco por cento nos salários destes setores profissionais.

"Face à proposta do PSD de corte em 2,9 por cento, e do Governo, de cinco por cento, prevaleceu no entendimento final a do Governo", acrescentou o mesmo elemento ligado ao executivo.

O primeiro ministro, José Sócrates, e o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, vão reunir-se a sós às 09:30 de quinta feira, em São Bento, para discutir medidas de redução do défice, disseram à Lusa fontes oficiais do Governo e dos sociais democratas.

No entanto, ao contrário do que aconteceu no último encontro a só entre Passos Coelho e José Sócrates, no final da reunião haverá declarações aos jornalistas.

Após a reunião com o presidente do PSD, José Sócrates vai presidir à reunião do Conselho de Ministros.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Foto: 123RF
Governo propôs redução em 5% nos salários dos políticos e gestores | © 123RF

9 comentários

  • Porque não 15% «dos salários dos titulares de cargos políticos, gestores públicos e dirigentes de entidades reguladoras» se o Governo quer cortar 5% no salário dos que ganham menos e não podem "fugir" aos impostos?
    Jorge Henrique Moniz Ribeiro | 13.05.2010 | 13.30Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Carissimo/a, "...Nós estamos num estado comparável somente à Grécia: mesma pobreza, mesma indignidade política, mesma trapalhada económica, mesmo abaixamento de carácteres, mesma decadência de espírito. Nos livros estrangeiros, nas revistas quando se fala num país caótico e que pela sua decadência progressiva, poderá ...vir a ser riscado do mapa
    da Europa, citam-se a par , a Grécia e Portugal". Quem foi o responsável pela produção desta frase? a) Paulo Pedroso no Banco Corrido? b) Carvalho da Silva num dos seus discursos arrebatados às massas? c) Eugénio Rosa nos seus estudos semanais e seminais? d) Medina Carreira nos seus animados diálogos com o Mário Crespo? e) Outro? A RESPOSTA CERTA É.............. OUTRO! Eça de Queirós, As Farpas, 1872
    Dacosta | 13.05.2010 | 08.47Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Tudo isto imposto por um governo de fascistas criado na U.E.pelos capitalistas do Mundo,patra dominarem a classe operária.Aos politicos e gestores,até se lhe podia reduzir 50%,pois eles o vão buscar através de muitas outras maneiras,olhem,para que servem as FUNDAÇÕES?
    pelito | 13.05.2010 | 07.38Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • E a procissão ainda vai no adro . . . com Papa e tudo ! ! !
    alexandre barreira | 13.05.2010 | 07.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Isto foi uma mudança radical! Os primeiros-ministros e ministros da economia da zona euro reúnem-se em Bruxelas. Praticamente na semana seguinte Sócrates anuncia que congela obras publicas (algo que nem discutia até aí), aumenta IVA, cria impostos. Espanha diminui salários públicos em 5%... Acho que alguém levou um puxão de orelhas por andar a brincar à economia!
    Rita | 13.05.2010 | 00.04Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Zapatero propôs 15% e ainda acho pouco...para o que eles andam a fazer...afora as mordomias...?
    oremos | 12.05.2010 | 23.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • POIS E SOMOS TODOS IRMAOS MAS UNS SAO RICOS GANHAM MILHOES E A MAIOR PARTE GANHA 470 EUROS K TODAS AS DESPESAS IGUAIS PRA TODOS IMPOSTOS IGUAIS ONDE TA A IGUALDADE DE TRATAR DA MESMA FORMA? ORDENADOS ACIMA DO PRISIDENTE DA REPBUBLICA TODOS PRA BAIXO AJUDAS PRA TUDO E MAIS ALGUMA COISA ,ABAIXO C ELAS EU SE FOR TRABALHAR FORA DO MEU CONCELHO O MEU PATRAO N ME DA AJUDAS PRA ISSO PENSSEM SR DEPUTADOS EM TODAS AS MORDOMIAS K VOÇES TEM E ESSES GESTORES K E UMA ABERRAÇAO
    JESUS | 12.05.2010 | 23.05Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Demagogia, mas não só! Os politicos não ganham muito, tem é mordomias adicionais. Quanto aos gestores, não passam na sua maioria de comissários politicos, tanto faz que apresentem lucros como prejuizos e o se ordenado deveria ser reduzido para metade, em muitos casos deveriam até ver extintos os seus cargos. São operações de cosmética que branqueiam o essencial: "assaltar" os salários dos trabalhadores, sem pejo de atacar quem ganha um ou dois salários minimos e distribuir mal os restantes cortes,que para juizes e diplomatas e muitos outros se vão sacrificar com 1,5% de corte que não afecta subsidios de renda de casa etc.
    injustiças de quem não sabe ser justo. Entretanto Passos Coelho dança com o Governo, deixando de ser oposição e comprometendo-se com medidas que não dão em nada neste Estado clientelar, e abrindo caminho ao Paulo Portas que entretanto já mandou `2às malvas" o PP, para se tornar opositor de direita.
    a.c.monteiro | 12.05.2010 | 22.47Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Preparem-se que os outros(que somos nós) vamos descontar o dobro. Pouca vergonha. Acabem com os políticos!
    EAM | 12.05.2010 | 22.45Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE