xv globos de ouro

Portugal no seu suposto melhor

25 | 05 | 2010   08.35H

Quem nunca viu uma grávida, eufórica, cantando o genérico da série Duarte & Cª foi porque não assistiu em directo aos XV Globos de Ouro da SIC.

Bárbara Guimarães, a tradicional (mas nem por isso menos questionável) anfitriã de serviço conduziu as 3 horas de emissão perante os 2 mil convidados que no domingo rumaram ao Coliseu dos Recreios.

Antes, numa passadeira vermelha de 100 metros, a trupe de nomeados, acompanhantes e representantes vários das artes e dos media já desfilara as suas vestes de gala e os seus sorrisos.

Ricardo Pereira, Sofia Cerveira e as meninas do Fama Show fizeram a reportagem.

Lá dentro, a festa que teve como convidadas especiais as actrizes Flávia Alessandra e Taís Araújo ficaria marcada pelas homenagens ao cantor Beto (falecido naquele dia), ao comediante Raul Solnado e a Artur Agostinho, aos 89 anos merecedor do Prémio Mérito e Excelência.

E Pedro Abrunhosa caiu... nos braços de Ivete Sangalo, em dueto.

--------------------------------------------------------------------------------

E a estatueta pesada foi para:

DESPORTO: Telma Monteiro, Nélson Évora e José Mourinho (treinador).
CINEMA: Amor de Perdição (filme), Catarina Wallenstein e Rui Morrison.
MÚSICA: Gaivota (canção), Ana Moura e Xutos & Pontapés.
TEATRO: O Camareiro (peça), Manuela Maria e Virgílio Castelo.
MODA: Ana Salazar, Jani Gabriel e Bruno Rosendo.
REVELAÇÃO: Daniela Ruah.
MÉRITO E EXCELÊNCIA: Artur Agostinho.

Vera Valadas Ferreira | vferreira@destak.pt
Foto: Paula Paz
Portugal no seu suposto melhor | © Paula Paz
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE