PUBLICIDADE
SCUT

Rui Rio confiante no chumbo dos “chips” na AR

15 | 06 | 2010   16.13H

“No dia 24 de Junho, dia de S. João, a AR vai fazer a apreciação do diploma dos ‘chips’. E, segundo creio, segundo estou a perceber, vai haver bom senso da parte da maioria no parlamento”, afirmou Rui Rio, à margem da reunião pública do executivo camarário.

Para o autarca do PSD, que preside também à Junta Metropolitana do Porto (JMP), o sistema dos “chips” está feito “de qualquer maneira” e “não faz sentido nenhum”.

Rui Rio referiu que ainda segunda-feira viu uma reportagem numa televisão em que pessoas da Galiza afirmavam que iam deixar de fazer compras em Portugal porque não estavam para comprar um “chip”.

O autarca disse que não acredita que o Governo realmente tenha intenção de aplicar portagens nas outras SCUT do país, como afirmou segunda-feira em conferência de imprensa o secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos.

“Não acredito. Para ser sincero, não acredito. Porque, se isso fosse verdade, já o ministro tinha respondido à Junta [Metropolitana do Porto - JMP] a dizer: ‘não é nada disso que estão a dizer, num prazo muito curto de tempo vamos tratar todos por igual’”.

Para Rui Rio, uma resposta formal – que ainda não recebeu - do ministro às duas cartas enviadas pela JMP “alterava completamente a situação”, mas, neste contexto, a afirmação de Paulo Campos “não vale nada”.

“A percepção que tenho é que isso é uma declaração para acalmar as pessoas cá em cima. Para mim é claro que isto, com a colaboração de alguma comunicação social que gostará de fazer fretes ao Governo, é para acalmar a situação presente e daqui por dois ou três anos já ninguém se lembra disso”, afirmou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Foto: Estela Silva/Lusa
Rui Rio confiante no chumbo dos “chips” na AR | © Estela Silva/Lusa

1 comentário

  • O outro chega ao IMTT e diz:
    - Por favor, queria umas "chips" com katchup . . . !
    alexandre barreira | 17.06.2010 | 15.33Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE