PUBLICIDADE
Marcelo Rebelo de Sousa

«É preferível emprego precário a não haver emprego»

16 | 06 | 2010   08.33H

À margem de um debate com militantes, a convite da concelhia do PSD/Matosinhos, sobre “Portugal 2010”, Marcelo Rebelo de Sousa respondeu aos jornalistas que sempre entendeu que “em períodos de grave crise de desemprego se devia fazer tudo para manter o emprego”, ainda que este fosse precário.

“Parecem-me boas medidas [as anunciadas por Pedro Passos Coelho na terça-feira], no sentido em que há muita gente desempregada e convém não aumentar o número de desempregados. E, embora seja um emprego precário, apesar de tudo é preferível emprego precário a não haver emprego”, afirmou o professor catedrático de Direito.

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou que a sua proposta de criação de “extensões contratuais mais flexíveis” pretende combater a desconfiança dos empregadores e dar mais oportunidades aos desempregados de longa duração e aos jovens.

Sobre a reacção das centrais sindicais – que consideraram que aquela é uma “falsa solução” –, Marcelo Rebelo de Sousa disse que “mil vezes uma falsa solução do que não haver solução nenhuma” para a questão do emprego.

“Não é uma solução para sempre, é uma solução para este período”, realçou o social democrata, acrescentando que “no fundo é uma alteração ao Código de Trabalho”, que vigoraria “por um período transitório de tempo”.

“Enquanto durarem o PEC [Programa de Estabilidade e Crescimento] e as medidas de austeridade, aguentem-se estes contratos a prazo, porque senão as empresas, no fim dos contratos, vão despedir. Tem que ficar claro que isto não é uma solução definitiva, é uma solução para um período de crise”, enfatizou Marcelo Rebelo de Sousa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Foto: DR
«É preferível emprego precário a não haver emprego» | © DR

10 comentários

  • Esqueceu-me de dizer Sr. Marcelo: Tudo o que se diz que vai ser provisório,por este FASCISMO, do qual faz parte, é para sempre. O Sr. tambem tem a lata de chamar de cara a cara, a todos os portugueses, CAMELOS. Sendo assim, o que lhe devo chamar? F++++ d+ p+++? Ela não teve culpa.
    Se o Balsemão não lhe perdoa, alguma razão e grave é.
    pj | 23.06.2010 | 00.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este e outros como ele, lá vão tirando a MÁSCARA. Estamos metidos com o maior BANDO DE FASCISTAS, mas que usam e abusam da palavra DEMOCRACIA, para fascisar este país. Ó Sr. Marcelo R. de Sousa: a partir de agora, pode ir nadar para o Tejo e se ,se começar a afundar, eu se estiver por perto, deixo-o morrer. Para mim , vale ZERO.
    PJ | 23.06.2010 | 00.16Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • senhor prof. martelo tenho muita consideração por si mas deixe-me que lhe diga estas palavras não são de forma nenhuma adequadas a esta época.......
    Jose | 16.06.2010 | 21.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Com estas "mentes brilhantes" não há duvida que o país ficará sempre no actual estado ou seja: estagnado em matéria sociais justiça e educativas.. quem esteve deveria ter-lhe perguntado (se pudessem) se ele quereria um emprego precário tanto para ele como para os dele!!!!
    José Martins | 16.06.2010 | 12.36Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Então porque è que não arranja um emprego precário para si? Este país esta feito para pessoas como você.
    Nuno Roseta | 16.06.2010 | 12.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • CRISE PROVOCADA E MANTIDA PELO PARTIDO ÚNICO :
    -P.S. /P.P.D/ P.S.D--------------------------------------------- --------------------------------
    Os portugueses vivem muito acima das suas possibilidades uma vez que almoçam 7 dias por semana (de Segunda a Domingo) e exigem pão em cima da mesa!
    Ora na Somália vive-se com um almoço semanal e as crianças bebem água contaminada para não chegarem a dar muitas despesas aos pais e ao Governo dado que 90% destas morrem até à idade de 5 anos! Uma vez mortas logo iniciam uma poupança a 100% e por toda a restante eternidade!
    Teixeira dos Santos com o seu cabelo branco, parece um cão da Serra da Estrela que anda a «farejar» cêntimos nos bolsos dos pobres, desfavorecidos, desempregados e titulares de magras pensões de reforma! Os pobres pagam a crise e os banqueiros ficam isentos de mais impostos!
    Odeio o sistema político actualmente implantado de um partido único com duas siglas, a saber, P.S./P.P.D./P.S.D que há mais de 30 anos dividem entre si o saque aos trabalhadores! Não existe nenhum partido em Portugal sério e válido em todo o espectro político, da esquerda até à direita, motivo pelo qual o ora comentador apela aos futuros boicotes eleitorais a 100%, no sentido de acabar o poder político em Portugal e passarmos a um Estado Federado.
    A União Europeia tem de se tornar uma federação de estados. Os futuros “Estados Unidos da Europa” poderão tornar-se na nova superpotência mundial. Existirá um Governo único em Bruxelas e um Orçamento Comunitário para toda a futura federação. Os políticos portugueses terão de ir trabalhar para poderem viver! Actualmente são todos a 100% larvas parasitárias que sugam todo o Orçamento do Estado e deixam o país na banca rota!
    MIG+F16 | 16.06.2010 | 12.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O que faz, e de que maneira falta em Portugal, é um novo Salazar...O resto é paisagem.
    Thémis | 16.06.2010 | 11.57Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Caro MIG+F16, quem lhe disse que se fossemos um estado federado da União Europeia a receita diferente? pelo contrário a tendência futura é a maior flexibilização das leis do trabalho tal como já acontece na Dinamarca (flexisegurança) ou na Inglaterra só para citar casos que conheço. Eu sei que a tentação de prtestar é muita, mas temos que pensar e conhecer os assuntos antes de falar. Não é como o PCP que anda a propagandiar a mesma receita ,que falhou em todos os países que foi aplicada, há dezenas de anos e pensar que isso vai resolver alguma coisa. As empresas e os empregos não se dcriam por decereto, é preciso criar condições boas para que quem tem dinheiro para investir (Portugês ou estrangeiro) sinta que é possível ganhar dinehiro em Portugal, e com isso criem empresas e consequentemente empregos. A economia de mercado capitalista foi a que mais progresso trouxe a Portugal e no mundo, e o mercado aberto e globalizado está a possibilitar que pela primeira na história uma aproximação económica entre paíse pobres (China, India, Brazil...) e os mais ricos. Há contudo que arranjar maneiras, eventualmente protecionistas para evitar que os países desnvolvidos não saiam muito a perder nesta evolução, em termos económicos e de realias sociais, ebora com o auamento da duração de vida seja inevitável que alguns direitos sejam dimuídos.
    Eu | 16.06.2010 | 11.56Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • CRISE EM PORTUGAL PROVOCADA E MANTIDA PELO PARTIDO ÚNICO :
    -P.S. /P.P.D/ P.S.D--------------------------------------------- --------------------------------
    Os portugueses vivem muito acima das suas possibilidades uma vez que almoçam 7 dias por semana (de Segunda a Domingo) e exigem pão em cima da mesa!
    Ora na Somália vive-se com um almoço semanal e as crianças bebem água contaminada para não chegarem a dar muitas despesas aos pais e ao Governo dado que 90% destas morrem até à idade de 5 anos! Uma vez mortas logo iniciam uma poupança a 100% e por toda a restante eternidade!
    Teixeira dos Santos com o seu cabelo branco, parece um cão da Serra da Estrela que anda a «farejar» cêntimos nos bolsos dos pobres, desfavorecidos, desempregados e titulares de magras pensões de reforma! Os pobres pagam a crise e os banqueiros ficam isentos de mais impostos!
    Odeio o sistema político actualmente implantado de um partido único com duas siglas, a saber, P.S./P.P.D./P.S.D que há mais de 30 anos dividem entre si o saque aos trabalhadores! Não existe nenhum partido em Portugal sério e válido em todo o espectro político, da esquerda até à direita, motivo pelo qual o ora comentador apela aos futuros boicotes eleitorais a 100%, no sentido de acabar o poder político em Portugal e passarmos a um Estado Federado.
    A União Europeia tem de se tornar uma federação de estados. Os futuros “Estados Unidos da Europa” poderão tornar-se na nova superpotência mundial. Existirá um Governo único em Bruxelas e um Orçamento Comunitário para toda a futura federação. Os políticos portugueses terão de ir trabalhar para poderem viver! Actualmente são todos a 100% larvas parasitárias que sugam todo o Orçamento do Estado e deixam o país na banca rota!
    MIG+F16 | 16.06.2010 | 11.34Hver comentário denunciado
  • Penso exactamente o contrário. É preferível não haver emprego do que estar a pedir esmolas e a pedir por favor para trabalhar....e para alguns continuarem a engordar à farta. Prof. Marcelo quanto lhe pagam para dizer essas baboseiras? Assim nunca iremos a lado nenhum.
    Paulo | 16.06.2010 | 11.16Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE