PUBLICIDADE
Rússia

Calor bate recorde em Moscovo

26 | 07 | 2010   15.29H

O anterior recorde: 36,8 graus centígrados foi registado em 1926.

Porém, o Serviço Meteorológico da Rússia já veio anunciar que este recorde, o sétimo este ano, poderá ser batido já na próxima quinta feira.

A Rússia está a ser assolada por uma rara onda de calor, que começou no início de junho. Nas últimas semanas, o mercúrio não desce abaixo dos 30 graus na capital russa e arredores.

Esta anomalia atmosférica já levou à perda de 10 milhões de hectares de culturas, bem como a fortes fogos florestais.

Hoje de manhã, Moscovo acordou coberta por uma densa nuvem formada pelo fumo e cinzas expelidos pelos incêndios nas florestas dos arredores da capital russa.

Segundo as autoridades sanitárias, o nível de poluição atmosférica em Moscovo é sete vezes superior ao normal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Foto: Yuri Kochetkov/EPA
Calor bate recorde em Moscovo | © Yuri Kochetkov/EPA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE