PUBLICIDADE
Hospitais

Ministério da Saúde diz que hospitais demoram 112 dias para pagar a fornecedores

17 | 08 | 2010   20.55H

De acordo com os dados do relatório mensal elaborado pela Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (APIFARMA), a que a Lusa teve acesso, as dívidas dos hospitais à indústria farmacêutica subiram dois milhões de euros por dia durante o mês de julho, para um total de 920 milhões, demorando agora estas unidades de saúde 349 dias para pagar a estes fornecedores.

“O Ministério da Saúde rejeita os valores tornados públicos pela APIFARMA, que não correspondem aos valores apurados pelas diversas instituições do SNS”, refere a tutela numa nota enviada hoje à agência Lusa.

Na nota, o ministério sustenta que “os valores da execução orçamental do primeiro semestre de 2010 confirmam, no âmbito do Ministério da Saúde, a política de rigor seguida nos últimos anos”, acrescentando que “a nova metodologia de transferências financeiras entre os subsistemas de saúde e o esforço de contenção no aumento da despesa permitiu até a redução do défice do SNS, em relação ao primeiro semestre de 2009”.

“Pese embora o teor das notícias vindas a público relativas ao alegado valor das dívidas dos hospitais à indústria farmacêutica, o Ministério da Saúde está em condições de afirmar que o prazo médio de pagamento das dívidas aos fornecedores era, em junho de 2010, de 112 dias”, lê-se no comunicado.

A tutela salienta que “não pode deixar de notar a ligação entre a divulgação pública de números inflacionados e a campanha em curso contra o Serviço Nacional de Saúde, e lamenta o aproveitamento político das normais relações comerciais entre o serviço público de saúde e a indústria farmacêutica”.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • O problema é que eles dizem sempre que VÃO fazer...lol
    Capuz | 18.08.2010 | 11.44Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Se alguém conhecer um politico honesto e que não faça parte dos Reis dos mentirosos que divulgue o seu nome para ser proposto a um prémio do melhor dos portugueses, mas como não á nenhum vai ser difícil.
    barbarrussa | 17.08.2010 | 21.24Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE