PUBLICIDADE
Festival de Cannes

Cannes não resiste às estrelas

22 | 05 | 2007   10.23H

Michelle Yeoh, de vestido azul, Mischa Barton, de branco, e Shirley Bousquet, de vermelho, encantaram o público e os repórteres fotográficos, ontem, em Cannes, no decorrer da realização do 60º Festival Internacional de Cinema, que junta a nata da representação (e não só) à escala planetária. As três actrizes formam uma curiosa junção de cores. Da esquerda para a direita, perfazem as cores da bandeira de França. Um efeito surpreendente no certame francês do glamour e do requinte.
 

Jolie e Pitt
O casal-maravilha (Angelina Jolie e Brad Pitt) reapareceu em público na grande gala do cinema na Europa. Surgiram muito unidos e cúmplices, de mãos dadas, embora sem grandes sorrisos, talvez por estarem magoados com a imprensa tablóide e sensacionalista, que tem publicado diversas notícias dando conta de uma crise conjugal entre eles e, até, de uma separação iminente.

O adeus de Kusturica
À margem do mundo cor-de-rosa, o dia de ontem marcou o adeus a Can-nes do consagrado cineasta sérvio Emir Kusturica. O realizador, cuja obra-prima é Underground - Mentiras de Guerra, quer, agora, dar oportunidades à nova geração. É a última vez que Emir Kusturica concorre à Palma de Ouro do Festival de Cannes, prémio que já venceu por duas vezes.

«Já tenho a sensação de que ocupo um lugar que poderia ser de alguém mais jovem», afirmou Kusturica à agência sérvia Tanjung, antes de viajar até França para participar no mítico evento da sétima arte.

Ontem, Jolie esteve em destaque também por protagonizar A Mighty Heart, o filme de Michael Winterbottom que foi visionado numa gala que conquistou os presentes pelo luxo que emanou.

Nuno Trinta de Sá | nsa@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE