PUBLICIDADE
Mortalidade infantil

Número de crianças até aos 5 anos baixou para quase metade

17 | 09 | 2010   08.00H

As estimativas revelam que a taxa de mortalidade infantil até aos cinco anos no mundo passou de 89 óbitos por mil nados vivos, em 1990, para os 60, em 2009.

Para o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), os dados sugerem que menos 12 mil crianças morrem actualmente por dia, comparativamente com 1990.

Ainda assim, a organização alerta, em comunicado, para o facto de 22 mil crianças até aos cinco anos continuarem a morrer diariamente, sendo que 70 por cento dos óbitos acontecem no primeiro ano de vida.

Índia, Nigéria, República Democrática do Congo, Paquistão e China encabeçam a lista de países com mais casos de mortalidade infantil até aos cinco anos em 2009, com quase metade do número total em todo o mundo.

Em termos regionais, a África subsariana é a área com mais situações: 1 em cada 8 crianças morre antes de completar os cinco anos, o que supera em 20 vezes a taxa das regiões mais desenvolvidas (1 em cada 167). O Sul da Ásia surge em segundo lugar, com uma média de 1 bebé em cada 14.

As estimativas agora divulgadas foram publicadas no relatório "Níveis e Direções da Mortalidade Infantil", a cargo do Grupo Interagências das Nações Unidas para Estimativas da Mortalidade Infantil.

O grupo é liderado pela Unicef e pela Organização Mundial de Saúde.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

3 comentários

  • ... mas o conteúdo não deixa de ser uma informação extraordinária!
    anónimo | 17.09.2010 | 11.41Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Titulo FAIL!
    eu aqui | 17.09.2010 | 11.38Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este título é um exemplo de bom jornalismo! Nem um político faria melhor! Mas pronto, como é um jornal gratuito não se pode exigir mais.
    Guedes | 17.09.2010 | 11.04Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE