Investigação

Cães tornam as crianças mais activas

21 | 09 | 2010   12.58H

Os investigadores da Universidade de Londres avaliaram mais de duas mil crianças com nove e dez anos e verificaram que aquelas que convivem com cães apresentam maiores níveis de actividade física. De acordo com a equipa, ter um cão serve para encorajar as crianças a mexerem-se mais, o que ajuda no combate à obesidade.

A equipa, liderada por Christopher Owen, professor de epidemiologia, usou monitores para anotar os movimentos diários de crianças de 78 escolas em Londres, Birmingham e Leicester, ao longo de sete dias. Do total de participantes, cerca de 200 (10%) tinham cães. E os resultados, publicados na revista American Journal of Public Health, mostraram que as crianças com cães passam, em média, 325 minutos a fazer actividade física por dia, mais 11 que aquelas que não possuem cães. Para além disto, os proprietários dos amigos de quatro patas gastam ainda menos 11 minutos em comportamentos sedentários todos os dias. Ao fim do mês, o valor é de mais de 300 minutos.

«O estilo de vida mais activo das crianças com cães é realmente interessante», refere Christopher Owen. «Mas será que ter um cão torna as pessoas mais activas ou são as mais activas que escolhem ter um cão? É quase como a pergunta de quem apareceu primeiro, se a galinha ou o ovo. São necessários estudos a longo prazo para responder à questão, mas a resposta pode ter um pouco dos dois», acrescenta.

Outros estudos, refere ainda o especialista, já tinha apontado no sentido de que as famílias que adquirem cães tornam-se mais activas. «A novidade deste estudo é provar que o mesmo acontece com as crianças.»

Carla Marina Mendes | cmendes@destak.pt
Foto: DR
Cães tornam as crianças mais activas | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE