PUBLICIDADE
Futebol: Espanha

Goleada "muito fácil de digerir" para Mourinho

29 | 11 | 2010   22.53H

“Humilhação, não. Foi a maior derrota. Nunca tinha perdido por 5-0, mas trata-se de uma derrota fácil de digerir, porque não houve possibilidade de ganhar. Não ficou sabor amargo”, afirmou “El Especial”, em conferência de imprensa após o “clássico” da 13.ª ronda da Liga espanhola, que deu a liderança ao “Barça”, com mais dois pontos do que os “merengues”.

Para o técnico bicampeão europeu com FC Porto e Inter Milão, o clube “blaugrana”, no qual desempenhou vários anos as funções de adjunto, “jogou ao máximo do seu potencial”, enquanto a sua, com os internacionais portugueses Cristiano Ronaldo, Ricardo Carvalho e Pepe, “jogou muito mal”.

“Foi uma derrota muito merecida e um resultado sem discussão, mais golo menos golo. Sempre disse que o ‘Barça’ é um produto acabado, com muitos anos de trabalho. O Real Madrid, apesar de estar a jogar bem até hoje, ainda tem muito trabalho pela frente”, afirmou.

Mourinho considerou ainda que vai haver “campeonato até final”, antevendo que ambas as equipas vão continuar “taco a taco”.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE