PUBLICIDADE
Presidencia

Augusto Santos Silva: Portugal precisa de "um Presidente que não se meta onde não é chamado"

16 | 01 | 2011   21.36H

Augusto Santos Silva falava no comício da candidatura presidencial de Manuel Alegre, no Teatro Sá de Miranda, que esteve longe de encher e até juntou menos pessoas do que na improvisada sessão de Alegre no pouco populoso concelho de Baião.

O dirigente socialista, também ministro da Defesa, explicou as razões que o levam a estar com a candidatura presidencial de Alegre.

“O Presidente da República deve ser um garante do funcionamento das instituições, não torpedeia as instituições, não se mete onde não é chamado, porque não lhe compete disputar eleições legislativas e não lhe compete querer tutelar governos, nem definir os rumos das políticas públicas”, disse, recebendo palmas da plateia.

Mas Augusto Santos Silva foi ainda mais longe, deixando uma crítica implícita à forma como Cavaco Silva se relacionou com a ex-líder do PSD Manuela Ferreira Leite.

“O compromisso essencial do Presidente da República deve ser o da imparcialidade, deve ser o Presidente de todos os portugueses, porque será o supremo magistrado da Nação. O Presidente da República não é chefe de fação, nem tem seus tutelados nas fações políticas ou partidárias”, acrescentou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

9 comentários

  • Ó Pedro Lindo, o cavaco até se meteu muito na governação deste país, pois ajudou a criar a desgraça no POVO deste País, porque Cavaco, está casado com Sócrates e neste momento, tal como acopntece em todas a s eleições, estes PALHAÇOS e TRAFULHAS, só fazem CIRCO, para enganarem o povo.
    chiça | 17.01.2011 | 16.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Portugal precisa de um Presidente da República que não se meta onde não é chamado ?!?!?!?!? AO DESPLANTE A QUE SE DÃO... FONIX...........
    ZÈ DESTRO | 17.01.2011 | 13.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ehhhehehe
    Ganda Boca!! O problema é que se esta é uma boca válida para o Cavacão, não o é menos para o Pateta Alegre!!
    JFK | 17.01.2011 | 11.28Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Comentário tão idiota quanto o seu protagonista.
    Cabe a qualquer Presidente meter-se no rumo que leva o País e não ser só um corta-fitas.
    Foi pena o Cavaco não se "ter metido" à mais tempo e não ter dissolvido a ass.republica quando viu o governo levar o país à bancarrota.
    pedro lindo | 17.01.2011 | 11.15Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este simpático mas cínico senhor é simplesmente hilariante. Este que será o prototipo do tipo que se mete alarve e deseducadamente em tudo que possa incomodar a estabilidade do patrão Sócrates!
    G. Almeida | 17.01.2011 | 09.47Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este anormal tem razão, o que ele quer é o alegre a presidente para ser um pau mandado do pinóquio, depois tínhamos todos de baixar as calças. o alegre em campanha é tão mentiroso ou mais do que o pinóquio em tempo de propaganda eleitoral, vou fazer isto aquilo e por aí fora...Se alegre ganhasse as eleições era uma marioneta na mãos do 1º ministro mais mentiroso até á data e, já levo 49 anos...
    fzappa | 17.01.2011 | 08.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A este a falta de Cabelo deve ter-lhe constipado os neurónios... Coitados dos Militares...Imagino como se devem sentir...sob tal governante...? Lembra-mo o tipo das cassetes, os cannas, assistes etc...
    Anty | 17.01.2011 | 02.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Estou de acordo com o senhor Santos Silva, mas Portugal precisa de muito mais coisas para além de um presidente. Portugal precisa de um governo que não afunde mais o país e os portugueses no buraco negro em que se encontra, Portugal precisa de uma verdadeira democracia, onde os tiranos,oportunistas, arrogantes, vaidosos e incompetentes não tenham lugar à frente dos destinos do país, Portugal têm que deixar de ser a quinta, de uma minoria e o calvário do resto dos portugueses, Portugal têm que ser um país onde todos os pobres, possam viver com o mínimo de dignidade a que têm direito, Portugal têm que ser um país onde todos os portugueses tenham alegria em viver.
    joaquim antónio rodrigues | 16.01.2011 | 22.58Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Pois é, vocês querem é um boneco que fique impávido perante a M-E-R-D-A de DESgoverno que está a afundar cada vez mais o país! Façam um favor aos portugueses e ponham-se a andar, ser P.U.L.H.A.S!
    Dlão | 16.01.2011 | 22.52Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE