Música

José Duarte anda há 45 anos a mostrar na rádio jazz em cinco minutos

20 | 02 | 2011   15.43H

"Cinco minutos de jazz" foi estreado a 21 de fevereiro de 1966 na Rádio Renascença e está actualmente no ar na Antena 1 da RDP, sempre antes das 22:00 e das 04:00, porque o jazz é uma música da noite, disse José Duarte, 73 anos, à agência Lusa.

José Duarte tinha 28 anos quando estreou este programa de rádio. Já tinha experiência aos microfones e já se dedicava à divulgação do jazz numa época em que esta era uma música mal vista, pouco conhecida.

"Não existia, não havia quase nada. Um amigo meu, um grande radialista, o João Martins, disse-me assim: `Vamos fazer cinco minutos de jazz?´. E assim ficou", recordou José Duarte.

O programa tem um conceito simples: José Duarte faz uma introdução, mostra uma música e no final deixa uma breve explicação. Às vezes finge um engasgo, um engano, só para sobressaltar os ouvintes naqueles cinco minutos, diz entre risos.

"É muito mais difícil fazer cinco minutos do que uma hora. Mas é uma fórmula justa, porque se pode resumir aí tudo o que é preciso saber sobre o jazz", defende.

O primeiro programa foi há 45 anos, mas os "Cinco minutos de jazz", que hoje somados são centenas de horas, sofreram uma interrupção em 1975, no período logo a seguir à revolução de Abril.

"Rebentaram com os emissores da Renascença" e depois o silêncio do programa prolongou-se por vários anos. Até que em 1984 foi recuperado para a Rádio Comercial e transferido em 1993 para a rádio pública.

José Duarte foi tendo outros programas de rádio e de televisão, mas garante que nunca se cansou dos seus "Cinco minutos de Jazz".

As emissões diárias do programa, que serão transmitidas na próxima semana, já estão todas gravadas e José Duarte não fez qualquer escolha especial por serem os 45 anos.

Prefere assinalar a efeméride programando um concerto com mais de cinco minutos de jazz.

No dia 28, no Instituto Franco Português, em Lisboa, vão tocar Rodrigo Amado (saxofone), Miguel Mira (violoncelo) e Gabriel Ferrandini (bateria & percussão).

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • apoiado.
    el quijote | 20.02.2011 | 21.04Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Grande José Duarte! Num País onde a cultura é vista como um luxo, os "5 minutos de Jazz", são um oásis num deserto.
    CP | 20.02.2011 | 16.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE